sexta-feira, 15 de julho de 2005

Verdades, sabedoria, conhecimento e crescimento

Já dizia Hermann Hesse: erudição é o saber dos outros. Erudição é boa. Mas trilhar o próprio caminho é imprescindível. Mais do que descobrir novas verdades, precisamos é aprender as antigas e buscá-las a cada dia. Ter conhecimento e ser sábio custa caro, mas está disponível a todos que tiverem um mínimo de coragem e humildade. Descobrir verdades pode machucar, pois elas sempre nos confrontam. Graças a Deus, verdades nunca vêm sozinhas, e uma completa o trabalho da outra. O que uma machuca, a outra cura. Logo, a alma fica cada vez mais fortalecida, pois a verdade que há pouco feriu, se aceita com honestidade, logo passa a ser mais um gerador de forças, mais uma baliza, mais uma revelação para a alma. Quem busca a Deus sabe do que estou falando.

Um comentário:

IS60,1 disse...

Li isso no livro dele chamado "Sidarta", em que ele preferiu deixar de seguir Buda para seguir o caminho da busca pela redenção. É a história de um jovem que rompe com sua casa, sua religião - é um livro para "iniciados" - uma epopéia esotérica, mas em tanto joio, algumas coisas podem ser tiradas de bom... valeu ler e leria novamente.